Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DAS BANDEIRAS

Recapeamento de avenida custará <br>R$ 2,7 milhões

Recapeamento de avenida custará <br>R$ 2,7 milhões
11/09/2012 00:01 - LUCIA MOREL


Avenida das Bandeiras, que corta a região centro-sul de Campo Grande, entre os bairros Vila Carvalho e Piratininga, será recapeada pela Prefeitura Municipal. Ainda não há data para que as obras comecem, mas “pode ser que em outubro já saia a ordem de serviço”, prevê o secretário municipal de Infraestrutura, João Antônio De Marco. O custo previsto do recapemento, juntamente com a implantação da microdrenagem é de R$ 2,7 milhões.

A empresa responsável pela obra será a Proteco Construções Ltda, aqui mesmo de Campo Grande. Pelo aviso de licitação publicado ontem no Diário Oficial (Diogrande), toda a extensão da via, de 3,2 Km será recapeado e terá sistema de microdrenagem. O trecho é entre as avenidas Calógeras e Manoel da Costa Lima.

Conforme De Marco, o início das obras depende dos prazos legais da licitação. “É a agenda do prefeito que determina quando sai a ordem de serviço”, justifiocu. Isso porque, conforme programação da Prefeitura, em novembro, o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) espera lançar um pacote de obras, o último de sua gestão, em que deverá incluir a revitalização do asfalto da Avenida das Bandeiras.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Felpuda


As conversas vêm acontecendo muito, mas muito reservadamente mesmo, e dão conta de que suplente poderá receber convocação, assumir a titularidade do cargo e por lá ficar por tempo indeterminado. Como é óbvio, tem gente jurando que nunca ouviu nem sequer falar sobre o assunto. O motivo não seria nada ligado a possíveis atos de irregularidades, mas sim por problemas de ordem pessoal.