Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

ENERGIA

Recadastramento da tarifa social atinge apenas 32% da meta em MS

14 MAI 2011Por Gabriel Maymone18h:30

O programa “Baixa Renda” da Enersul recadastrou apenas 32% das pessoas quem tem direito ao benefício. Do total de 160 mil unidades consumidoras, apenas 50 mil fizeram o recadastramento. Os dados foram divulgados pelo diretor operacional da Enersul, Edmir Bosso, durante programa de entrevista da Mega 94 FM.  

Quem está cadastrado no programa tem direito a desconto na conta de energia elétrica de acordo com o consumo:

-Até 30 Kw/h (Kilowatts por hora) tem direito a 65% de desconto
-De 31 à 100 Kw/h tem direito a 40% de desconto
-De 101 à 220 Kw/h tem direito a 10% de desconto

O diretor operacional explica que para se cadastrar no programa é preciso ir até uma loja de atendimento da Enersul com o RG, CPF, comprovante de residência e o Número de Inscrição Social (NIS). Ele também alerta que a comunidade indígena, além de ter o benefício do desconto pelo programa “Baixa Renda”, tem os primeiros 50Kw/h gratuitos, basta levar os documentos acima, mais o registro de nascimento indígena para adquirir o direito.

Tarifa

Com o reajuste médio de 17,49%, aplicado neste ano, o valor da conta de energia elétrica do consumidor residencial de Mato Grosso do Sul é o segundo mais caro do País e já se aproxima do que era cobrado em 2008, quando a concessionária realizou a última revisão tarifária.

A Enersul anunciou que vai investir cerca de 170 milhoes de reais ente ano em ampliações da capacidade de subestações, novos alimentadores e construção de novas linhas de energia.

Leia Também