Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 17h09min

LÍBIA

Rebeldes reconquistam a cidade petrolífera de Ras Lanuf

27 MAR 11 - 09h:04Da Redação

As forças rebeldes líbias reconquistaram neste domingo o controle sobre Ras Lanuf, cidade petrolífera considerada estratégica para o avanço até a capital, Trípoli, assim como a localidade de Ben Jawad, segundo informações da agência de notícias France Presse.

Agora, seguem rumo a Sirte, cidade natal do ditador Muammar Gaddafi. Ontem, conseguiram o controle de Ajdabiyah, no leste da Líbia, depois de um bombardeio realizado por aviões franceses e britânicos sobre os tanques e as tropas de artilharia leais ao ditador.

Horas após recuperar o controle sobre Ajdabiyah, perdido na semana passada durante avanço do Exército, insurgentes também recuperaram Brega. Os avanços dos últimos dois dias abrem caminho para a continuação da contraofensiva rebelde em direção à capital.

Os rebeldes recuperaram a iniciativa militar, com o apoio da aviação internacional que abriu caminho com seus bombardeios, e ultrapassaram a localidade de Aguila, entre os pontos portuários de Ras Lanuf e Brega, segundo a rede de TV Al Jazeera.

Sem provisões, dominados pela aviação da coalizão internacional desdobrada para impor a zona de exclusão aérea, as brigadas de Gaddafi não abandonaram a luta, mas deixaram suas posições.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Desbloqueio de rio pela PF resulta   em confronto com manifestantes
RIO PARAGUAI

Desbloqueio de rio pela
PF resulta em confronto

PM encontra 185 quilos de droga em residência no bairro Itamaracá
TRÁFICO

PM encontra 185 kg de droga em residência no Itamaracá

Governo espera resultado de prova para avaliar novo concurso
PROFESSORES

Estado espera resultado para avaliar novo concurso

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro
BRASIL

Militares e PSL disputam sucessão de Bebianno no governo Bolsonaro

Mais Lidas