Segunda, 18 de Dezembro de 2017

Real Madrid teria feito oferta de R$ 350 milhões para levar Neymar

24 JAN 2014Por TERRA13h:00

De acordo com o jornal catalão Sport, o Real Madrid havia arquitetado um plano em abril de 2013 para vencer o rival Barcelona fora das quatro linhas e tirar Neymar do Santos. E o presidente Florentino Pérez estaria disposto a pagar até 105 milhões de euros (quase R$ 350 milhões), valor recorde, para impedir que o brasileiro se transferisse ao rival azul-grená. O diário publicou alguns documentos que mostram o clube da capital oferecendo do bom e do melhor para convencer o camisa 11 de que o Santiago Bernabéu era o melhor destino para ele. Casas, carros, passagens de avião e até faculdade para a irmã estariam na pauta de Pérez.

No total, os quase R$ 350 milhões seriam divididos minuciosamente: R$ 200 milhões para a NR Sports, empresa gerida pelo pai do jogador, pouco mais de R$ 80 milhões ao Barcelona pela quebra do pré-contrato e mais R$ 70 milhões ao Santos - uma parte para o clube e outra para o grupo DIS. A obsessão para ficar com a maior promessa brasileira dos últimos anos teria tomado conta do mandatário do Real, como conta a publicação. Durante a sua renúncia ao comando do Barcelona, Sandro Rosell disse que a contratação de Neymar "despertou inveja e medo" nos rivais.

Enquanto isto, a Audiência Nacional espanhola faz de tudo para entender todo o contrato que o atleta de 21 anos assinou com os catalães. A acusação é a de que Rosell, que coleciona polêmicas financeiras, teria desviado aproximadamente R$ 120 milhões da contratação.

Leia Também