Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

GOVERNO DO ESTADO

Reajuste da tarifa eleva receita com ICMS em R$ 41,3 milhões

10 ABR 2011Por ADRIANA MOLINA00h:00

“Quem poderia fazer alguma coisa é o governo, mas sabemos que ele não vai porque isso mexeria na arrecadação. Não aceito isso, mas não tem jeito, vamos ter abaixar a cabeça e pagar”, disse vendedor José Araújo, inconformado com os 18,57% anunciados ao consumidor de baixa tensão - maior reajuste dos últimos oito anos e até agora o mais alto entre as concessionárias do País, em 2011.
E não há como dizer que o trabalhador está sem razão, a receita do Estado vai mesmo crescer com o reajuste anunciado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) – o que pode estar motivando o “desinteresse” governamental apontado por Araújo. Tomando por base o faturado com Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no ano passado, conforme balanço feito pela Enersul, a arrecadação em 2011 será de, no mínimo R$ 277,897 milhões – R$ 41,3 milhões mais que no ano passado.

(leia mais no Correio do Estado de hoje)

Leia Também