Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

EUA

Rapper Tyler, The Creator é preso sob acusação de incitar tumulto

16 MAR 14 - 15h:15FOLHAPRESS

O rapper americano Tyler, The Creator foi preso ontem nos Estados Unidos, durante o festival South by Southwest (SXSW), em Austin, no Texas, sob a acusação de ter provocado um tumulto. 

Ele foi solto no mesmo dia, após pagar uma fiança no valor de US$ 25 mil (R$ 58,8 mil). Horas depois, fez um show em Dallas, para o qual todos os ingressos se esgotaram.

De acordo com a polícia, o rapper de 23 anos incitou um grande número de fãs a empurrarem os funcionários do festival que os impediam de entrar numa festa, na última quinta-feira. A entrada deles estava sendo barrada porque o local já estava completamente lotado.

Policiais que estavam no local disseram que Tyler, The Creator gritou duas vezes para que os fãs forçassem sua entrada e que uma garçonete teve de proteger uma mulher para que ela não fosse pisoteada em meio ao tumulto.

Pela lei local, incitar um tumulto é um delito que pode acarretar em até um ano na cadeia.

Em fevereiro, Tyler e outros membros do coletivo de hip hop Odd Future tiveram seus vistos para a Nova Zelândia negados, sob a justificativa de que eles representavam uma "ameaça pública", devido a situações no passado em que teriam "incitado a violência".
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Ocorrência de incêndios no Estado cresceu 45% em 2019
MAIS DE 4,9 MIL

Ocorrência de incêndios no Estado cresceu 45% em 2019

Homem tenta apagar incêndio e tem 50% do corpo queimado
TERENOS

Homem tenta apagar incêndio e tem 50% do corpo queimado

Traficantes de papagaio estão na mira da PMA e Ibama
OPERAÇÃO BOCAIÚVA I

Traficantes de papagaio estão na mira da PMA e Ibama

Bahia sai atrás, mas busca empate com o Fortaleza na Arena Fonte Nova
BRASILEIRÃO

Bahia sai atrás, mas busca empate com o Fortaleza

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião