Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Radiação de usina chega aos EUA

18 MAR 11 - 21h:52R7

Uma estação de pesquisa de radiação localizada em Sacramento, no Estado americano da Califórnia, detectou uma minúscula quantidade de material radioativo procedente da usina nuclear japonesa de Fukushima. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (18) pela rede de TV CNN.

A rede de televisão citou o secretário-executivo do CTBTO (Tratado para a Proibição Completa dos Testes Nucleares), Tibor Tóth, que não informou as quantidades exatas de radiação, mas descartou que pudessem ser consideradas prejudiciais para a saúde humana.

A estação situada em Sacramento, que pertence à rede de monitores da CTBTO, detectou pequenas proporções de radionuclídeos - substâncias que emitem radiação.

No entanto, a descoberta não deve ser motivo de alerta, disse à CNN o funcionário da AIEA (agência nuclear da ONU), Graham Andrews.

- Por enquanto não há nenhuma preocupação no Japão ou em nenhum outro lugar quanto à saúde humana.

População corre às farmácias atrás de iodo

A descoberta coincide com o prognóstico emitido nesta quinta-feira (17) por meteorologistas e profissionais de saúde dos Estados Unidos, que previram que os primeiros isótopos radioativos provenientes da usina japonesa poderiam chegar nesta sexta-feira à costa oeste do país, embora em dose inofensiva para a saúde.

Segundo indicaram, os resíduos tóxicos liberados no ar em Fukushima estavam terminando de percorrer os 8.000 km de distância que separam o Japão do território continental americano, levados pelas correntes das altas camadas da atmosfera.

O anúncio resultou numa grande procura por pílulas de iodeto de potássio em muitas lojas da Califórnia. A substância é usada para prevenir a absorção de iodo radioativo, reduzindo a ameaça de câncer de tireoide por causa da radioatividade.

A Comissão Reguladora Nuclear americana prevê que a radioatividade que chegar à costa americana não terá consequências para a saúde, embora reconheça que os níveis de radiação subirão com a passagem dos dias devido à piora da situação em Fukushima.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

INDEFINIÇÃO

STF adia julgamento sobre compartilhamento de dados da Receita com MP

Prisão sem prova fere lei para tentar exibir troféu, diz defesa de Temer
EX-PRESIDENTE

Prisão sem prova fere lei para tentar exibir troféu, diz defesa

NO TWITTER

Lava Jato não precisa de pirotecnia para sobreviver, diz Lula sobre prisão de Temer

Defesa de Temer pede habeas corpus ao TRF2
LAVA JATO

Defesa de Temer pede habeas corpus ao TRF2

Mais Lidas