Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Racionamento de água já atinge várias regiões

12 FEV 2014Por band11h:30

Um levantamento realizado pela reportagem da BandNews FM mostra que a falta de chuvas já provoca racionamento no fornecimento de água em diferentes regiões do país. Em um país de dimensões continentais, e um calor acima do normal nestes trópicos, ter uma torneira jorrando água no verão se tornou artigo de luxo em praticamente todo o Brasil.

 

Em Minas Gerais, São Paulo e Paraná, os níveis das represas estão abaixo do normal, e doze cidades já passam por um rodízio de água. A empresária Ângela Agliardi, por exemplo, está em uma das seis cidades paranaenses em que os moradores precisam escolher se lavam a roupa ou tomam banho. “Roupa, uma vez por semana eu lavo. Casa, eu limpo duas vezes por semana porque gasta pouca água. E eu acho que [o que gasta mais] é mais o banho, que é todo dia”, conta.

 

No Paraná, o consumo cresceu 12% neste ano por causa do calor, e o racionamento já atinge as cidades de Assis Chateabriand, Francisco Beltrão, Toledo, Guarapuava, Ponta Grossa e Prudentópolis.

 

Em Minas, o rodízio é realizado em Juiz de Fora e Oliveira. Já em São Paulo, o sistema Cantareira está com o nível mais baixo da história, com problemas no abastecimento das cidades de Guarulhos, Santo André, Diadema e São Caetano. Estes municípios sofrem, ainda, com vazamentos de água em vários locais.

 

O estado do Ceará também está com reservatórios abaixo do normal, com menos de 30% da capacidade. Mas, por lá, ainda não há racionamento. A situação é mais tranquila apenas em Brasília, onde o sistema opera normalmente.
 

Leia Também