Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 16 de dezembro de 2018

GRÊMIO

'Quem dá show não avança na Libertadores', diz Gaúcho

4 MAR 2011Por AGÊNCIA ESTADO16h:15

O técnico Renato Gaúcho minimizou o fato de o Grêmio não ter conseguido proporcionar um grande espetáculo ao seu torcedor na vitória por 2 a 0 sobre o modesto León de Huánuco, do Peru, na noite da última quinta-feira, no Olímpico, em Porto Alegre, pela terceira rodada da primeira fase da Copa Libertadores da América.

Com o resultado, o time gaúcho ficou na liderança do Grupo 2 do torneio continental, fato ressaltado como prioritário pelo treinador, que destacou a postura defensiva do rival peruano como um obstáculo a mais para uma atuação de primeiro nível da equipe gremista.

"O adversário vem com dez jogadores dentro do seu campo e mais o goleiro, buscando a qualquer preço pelo menos o empate. Libertadores você não vai encontrar uma equipe que dá show. Equipe que dá show pode ter certeza que não vai passar nem da primeira fase", analisou Renato Gaúcho, para depois lembrar que a meta principal foi atingida.

"Se der pra você vencer, que é o primeiro objetivo do jogo, e depois jogar bem, ótimo. Eu vou querer sempre os três pontos. Em Libertadores é sempre muito difícil, todo mundo busca uma classificação. Os jogos sejam aqui, sejam fora, é sempre muito difícil, não é só na chave do Grêmio não. O mais importante de tudo é que o Grêmio conseguiu o objetivo dele, que era os três pontos e recuperar o primeiro lugar da chave", enfatizou o comandante.

Renato ainda comentou o fato de que o grupo do Grêmio terá dois dias de folga durante o Carnaval e só irá se reapresentar aos treinos na segunda-feira, visando o confronto de quarta, contra o Caxias, no Olímpico, pela final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. O treinador negou que o curto período de preparação para o duelo e os dias de folga em meio ao clima de folia poderão prejudicar o time antes da decisão.

Para defender sua tese, o treinador disse que a maior parte do elenco do Grêmio é formada por jogadores casados e que optarão por descansar em suas casas no final de semana. "O grupo do Grêmio é ''devagar'', e a folga não adianta, não tem como você controlar (o que os atletas farão no Carnaval). Eu acho que o melhor treinamento do grupo do Grêmio hoje é essa folga. O grupo vem jogando numa pegada forte, com viagens, e dois dias de folga não vão afetar em nada", opinou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também