Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

REAÇÃO

Quem apanha na infância tende a resolver problemas com violência, aponta pesquisa

14 JUL 12 - 13h:42agência brasil

A exposição à violência durante a infância pode trazer consequências para a vida adulta, segundo estudo do Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da Universidade de São Paulo (USP). De acordo com a pesquisa, quem sofre agressões quando criança tem mais chances de adotar a violência como principal mecanismo de solução de conflitos.

“A criança entende que a violência é uma opção legítima e vai usá-la quando tiver um conflito com colegas da escola, por exemplo. Mas, ao agredir, ela também pode sofrer agressão e se tornar vítima. E isso cresce de forma exponencial ao longo da vida”, disse Nancy Cardia, vice-coordenadora do NEV.
Os pesquisadores entrevistaram 4 mil pessoas maiores de 16 anos de idade, moradoras de 11 capitais brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Recife, Belém, Manaus, Porto Velho, Fortaleza e Goiânia). Os questionários foram aplicados pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) em 2010. De acordo com os resultados, mais de 70% dos entrevistados apanharam na infância, sendo que 20% do total eram agredidos uma vez por semana ou mais.

O estudo apontou ainda o aumento das chances de a pessoa reproduzir a violência sofrida no passado contra os próprios filhos, como método de educação. “Isso tem a ver com o tipo de aprendizagem social. Você aprende que educar por meio da agressão física é um instrumento legítimo de educação”, disse Renato Alves, pesquisador do NEV. Assim, fecha-se um “um ciclo perverso do uso da força física”, como definem os pesquisadores.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RASTRO DE DESTRUIÇÃO

Recuperação de cidade afetada por rompimento de barragem na BA poderá levar meses

Vasco entra no STJD com pedido de impugnação do jogo contra o Grêmio no Sul
BRASILEIRÃO

Vasco entra no STJD com pedido para impugnar partida

PRESIDENTE DA CCJ

Proposta sobre pacto federativo começará no Senado, diz Simone

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas
DOURADOS

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas

Mais Lidas