Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Queda de rendimento de Kaká preocupa a seleção brasileira

17 JUN 10 - 06h:39
JOHANNESBURGO, África do Sul

A queda de rendimento de Kaká parece ter sido a principal causa da vitória apertada do Brasil sobre a fraca Coreia do Norte por 2 a 1 na última terça-feira, em uma estreia sem brilho da seleção de Dunga na Copa do Mundo. O meio-campista teve uma temporada muito apagada no Real Madrid, marcada por diversas lesões. “Estou preparado para ser um dos líderes da seleção, embora a equipe já tenha muitos líderes, tanto técnicos como táticos”, havia advertido pouco antes da Copa.
No entanto, desde a preparação para a Copa das Confederações de 2009, Dunga decidiu deixar Ronaldinho Gaúcho fora de seus planos para colocar a tarefa de criar as jogadas inteiramente nos pés de Kaká, que respondeu com um grande desempenho nesse torneio de preparação para a Copa.
Uma pubalgia, contudo, inferniza a vida do jogador e o deixou de fora dos gramados por quase três meses. Pelo que se viu na terça-feira no Ellis Park de Johannesburgo, Kaká ainda está sem ritmo de jogo, sem explosão alguma. A imprensa mundial estava com suas atenções voltadas para ele e as críticas foram muitas.
“Tanto segredo para isso?”, foi a manchete do jornal O Globo, referindo-se aos segredos de Dunga com seus treinos fechados e à falta de imaginação de Kaká, que apresentou um “futebol pobre”, segundo a Folha de S.Paulo.
O jornal francês L’Equipe considerou Kaká o pior jogador brasileiro. “O Brasil luta sem classe”, foi a principal manchete do diário, com uma foto de Kaká como ilustração. “Seu início foi doloroso, sem ritmo e cheio de erros”, considerou.
Mas Kaká pretende evoluir aos poucos, consciente de que deve ganhar ritmo. “Acho que minha estreia pessoal foi boa”, disse o meio-campo do Real Madrid. “Eu não sabia em quais condições chegaria ao dia de hoje, fazia muito tempo que não jogava (por causa da lesão), e por isso estou muito feliz”, conformou-se.
O problema é que Dunga depende excessivamente de seu ‘cérebro’. Sem contar com Ronaldinho ou Diego, como alternativas criativas, o Brasil terá de contar com a boa forma de Robinho, que teve uma das poucas boas atuações da equipe.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai
FUGA EM MASSA

Aliados de 'Minotauro' estão entre presos do PCC fugitivos de prisão no Paraguai

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande
HORTA URBANA

Projeto auxilia na criação de hortas familiares em Campo Grande

Rodoviárias têm fiscalização reforçada após fuga de detentos do Paraguai
FUGA EM MASSA

Rodoviárias têm fiscalização reforçada após fuga de detentos do Paraguai

Aos 73, filha solteira de ex-deputado ganha pensão há 46 anos: 'Nunca dependi'
ABSURDO

Aos 73, filha solteira de ex-deputado ganha pensão há 46 anos: 'Nunca dependi'

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião