Queda de avião mata ministro do Sudão e outras 30 pessoas

Queda de avião mata ministro do Sudão e outras 30 pessoas
19/08/2012 08:54 - G1, com agências internacionais


O ministro de Orientação Islâmica sudanês, Ghazi al Sadeq, e o líder do partido A Justiça, Meki Ali Balayel, morreram neste domingo (19) após a explosão do avião em que viajavam na província de Cordofão do Sul, de acordo com a a Aviação Civil do país.

O porta-voz da Aviação Civil, Abdel Hafiz Abdel Rahim, disse que 31 pessoas morreram, incluindo a tripulação, mas não tinha mais detalhes sobre suas identidades.

A aeronave, que levava os ocupantes a um festival islâmico, teria se chocado contra montanhas. O avião que transportava os dois políticos junto a outras personalidades ia de Cartum para Taludi, no Cordofão do Sul, quando explodiu por causas desconhecidas até o momento.

Os acidentes com aeronaves não são incomuns no Sudão, já que o país conta com uma frota antiga que figura na lista de companhias aéreas proibidas na União Europeia por violar normas de segurança.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".