Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ÁGUAS DE MARÇO

Quebra na safra de soja em MS ultrapassa R$ 1 bi

Quebra na safra de soja em MS ultrapassa R$ 1 bi
08/03/2011 00:04 - EDIVALDO BITENCOURT


As águas de março provocaram a quebra na safra de soja em Mato Grosso do Sul, que bateria recorde histórico neste ano. A perda deve atingir, no mínimo, 30% da produção deste ano, em torno de 1,7 milhão de toneladas, o que significa que os prejuízos já superam R$ 1,1 bilhão. A situação é dramática, porque agricultores estão com até 80% da lavoura pronta para colher, mas não conseguem coletar os grãos, que apodrecem no solo em decorrência do excesso de chuvas.

Segundo o presidente da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja), Almir Dalpascoale, o prejuízo é enorme. Ele estima que, no mínimo, 30% da produção já se perdeu em decorrência das chuvas deste mês. Em algumas propriedades, principalmente da região sul do Estado, onde até 80% da soja está pronta para ser colhida, a perda já atinge 50%. Alguns produtores rurais poderão ter perda de 100%. "As perdas são irreparáveis", destaca Dalpascoale.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Felpuda


Político experiente tem repetido que não é o momento de falar em eleições. O momento é de tensão, de incertezas políticas e econômicas – como se o País fosse uma ilha de preocupações cercada pelo coronavírus por todos os lados. Em Mato Grosso do Sul, onde já se registrou morte pela doença e o número de casos só tende a subir, não poderia ser diferente. “É suicídio político para quem ousar falar em eleição neste momento”, conclui. Só!