domingo, 22 de julho de 2018

Quatro pessoas são presas acusadas de pedofilia em Catanduva

27 FEV 2009Por 17h:30
     

        Depois de passarem por sessões de reconhecimento com dez crianças, quatro pessoas foram presas , em Catanduva, a 385 km de São Paulo, acusadas de participar de uma rede de pedofilia que abusou de 24 crianças pobres dos bairros Jardim Alpino e Cidade Jardim. Segundo a delegada Rosana Vanni, responsável pelo caso, as prisões temporárias são do vendedor William Melo Souza, de 19 anos, e do operário Eduardo de Aquino, também de 19. Dois adolescentes de 16 e 17 anos também foram recolhidos. Eles seriam responsáveis por levar as crianças para a casa do borracheiro José Barra Nova de Melo, de 46 anos, preso desde 15 de janeiro e conhecido como Zé da Pipa. Souza, que é sobrinho do borracheiro, foi reconhecido por oito crianças. Até então, William era denunciado por ajudar o tio.

        Com informações do Estadão
        

         

Leia Também