quinta, 19 de julho de 2018

ERNESTO GEISEL

Quatro meses após inauguração, avenida continua às escuras

18 DEZ 2010Por Silvia Tada03h:35

A Avenida Ernesto Geisel, no trecho recém-inaugurado que faz parte das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Segredo, deve continuar às escuras por mais 30 ou 40 dias. A estimativa é do secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, João Antônio De Marco, que explica a necessidade de fazer uma nova rede de alimentação, que necessita da desapropriação de uma área.

A via foi inaugurada há quatro meses, mas liberada para o tráfego de veículos no início de outubro. Menos de duas semanas depois, as pistas já estavam às escuras. A fiação e os cabos tinham sido furtados, conforme informações da Prefeitura de Campo Grande. Desde então, motoristas têm de trafegar com atenção, principalmente nos trechos com muitas curvas. Moradores da região reclamam, ainda, que a falta de iluminação pública impede a prática de caminhadas, já que o trecho se torna muito escuro.

"Nós vamos fazer a iluminação do trecho. O problema são os furtos da fiação. Pretendemos fazer uma nova rede de alimentação, em parceria com a Enersul, mas primeiro precisamos fazer a desapropriação de uma área e isso pode demorar ainda de 30 a 40 dias", relatou, ontem, o secretário.

O furto de fios de cobre tornou-se fato recorrente em algumas avenidas de Campo Grande. Para evitar esse tipo de crime, foram adotados alguns procedimentos como o aprofundamento dos cabos ao longo dos canteiros centrais e a colocação de concreto para dificultar a ação dos vândalos.

O Parque Linear do Segredo beneficia bairros como Estrela do Sul, Octávio Pécora, Jardim Seminário, Coronel Antonino, entre outros, e tem cerca de 4,5 quilômetros de extensão. A obra foi viabilizada por meio do PAC, do Governo federal, com investimentos de R$ 30 milhões.

Leia Também