domingo, 15 de julho de 2018

POLICIAMENTO

Quatro detidos pela PM com ordens de prisão

23 OUT 2010Por Thiago Gomes07h:00

 

Policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar de Corumbá cumpriram quatro mandados de prisão durante atividades de policiamento ostensivo de rotina. Segundo a corporação, utilizadas como instrumentos de prevenção aos crimes, as rondas e as abordagens têm contribuído de forma decisiva para reprimir a ação e retirar das ruas pessoas em débito com a Justiça. Somente na última quinta-feira, após abordagens de rotina, quatro homens para os quais havia mandado de prisão acabaram detidos.
 
De acordo com as informações, o primeiro foi localizado próximo à fronteira com a Bolívia, por volta do meio-dia. Em busca feita no GM/Chevette, conduzido por um homem de 42 anos, na estrada de acesso ao Assentamento Jacadigo, os policiais encontraram uma série de mercadorias, sem nota fiscal. Na checagem, verificaram a existência do mandado e o prenderam. 
 
Em rondas feitas no Jardim Aeroporto, PMs abordaram um outro homem que também tinha mandado de prisão em aberto. A terceira ação ocorreu, por volta das 19h15min, em abordagem realizada durante policiamento tático pela Rua 14 de março. A última aconteceu logo após as 23h30min, na esquina das ruas Batista das Neves e Cáceres.
 
Os quatro foram presos e encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia de Corumbá. “Nossa principal função é prevenir delitos. Trabalhamos dia a dia para evitar que criminosos tirem a paz e a tranquilidade do cidadão sul-mato-grossense. O patrulhamento tático e as abordagens são fundamentais para alcançarmos isso”, justificou o comandante-geral da PMMS, coronel Carlos Alberto David dos Santos. 
 
Iguatemi
Por outro lado, policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), durante patrulhamento de rotina realizado na região de Iguatemi, abordaram para fiscalização um ônibus com itinerário intermunicipal Tacuru/Iguatemi e, na checagem dos passageiros junto ao Sistema de Informações, constataram que havia um mandado de prisão em aberto contra um deles. Expedida pela comarca de Amambai, a ordem era contra C.B.E., 33 anos, morador na cidade de Ponta Porã. 

Leia Também