Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Quadro furtado de Portinari é recuperado no Rio, diz polícia

1 AGO 2010Por 07h:15
     

O quadro "O Enterro", de Cândido Portinari, furtado neste mês do Museu de Arte Contemporânea (MAC), em Olinda, Pernambuco,, foi localizado ontem (31), no Rio de Janeiro. Uma pessoa foi presa em flagrante.

        De acordo com o delegado Manuel Martins da Polícia Civil de Pernambuco e responsável pelas investigações, o quadro era transportado por um homem em  Copacabana quando foi localizado por volta das 16h, em  operação conjunta das polícias Federal e Civil de Pernambuco.

        "O indivíduo estava levando o quadro para mostrar a alguém, mas foi interceptado antes", afirmou o delegado ao G1.

         A confirmação da autenticidade da obra será feita por meio de perícia a ser realizada pelo Instituto Portinari e por técnicos responsáveis pelo Museu de Olinda.

        "Mas é esse o quadro sim. Inclusive ele tem as marcas da moldura retirada", avalia Martins.

        De acordo com o delegado, quadro e suspeito do furto foram levados para a Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico (Delemap), no Rio.

        Entenda o furto
        O crime foi percebido no dia 14 de julho, mas a data do roubo é desconhecida. A obra, avaliada em R$ 1,5 milhão, faz parte da Série Azul do artista, integrada por outras quatro telas, todas do acervo do museu. O museu não possui circuito interno de televisão e sua segurança é feita por vigilantes.

        O prédio construído no século XVIII abriga o Museu de Arte Contemporânea (MAC) há 43 anos.
        O quadro formava um conjunto de Portinari em uma das paredes. Ele ficava no alto. Os outros quatro quadros, aparentemente, nem foram tocados.

        A tela "Enterro" foi pintada em óleo sobre madeira em 1959. Restou apenas a moldura, que um dos funcionários encontrou atrás de uma janela.

        A Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, que administra o museu, informou que o prédio conta com vigias 24 horas por dia.
         

Leia Também