Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 22h14min

Quadrilha que matou deficiente em assalto é presa em Três Lagoas

24 ABR 10 - 07h:21
Rose Rodrigues, Três Lagoas

Já estão presas em Três Lagoas, na Delegacia de Investigações Gerais (DIG),  cinco pessoas acusadas de participação no assalto e assassinato de Antônio Clair do Santos, de 60 anos, deficiente físico e mental. A vítima, cadeirante, estava na casa do irmão, onde houve um assalto, em março último. Ela foi morta por asfixia, depois de ser amordaçada.
A quadrilha que planejou o assalto e está envolvida direta e indiretamente na morte de Antônio Clair é composta por seis integrantes. São eles Tony Carlos Ferreira, que é de Três Lagoas;  Everton dos Santos , Alan Martins, Evani  Soares de Azevedo e Geonilce de Faria Lourenço, todos de Pereira Barreto, em São Paulo. Outro acusado, David Henrique de Souza Ramão, ainda está foragido.

Violentos
Segundo o delegado Ailton de Freitas, da DIG, que comandou as operações que  possibilitaram prisão dos criminosos, essa quadrilha é bastante conhecida na região pela violência que emprega contra as vítimas.
“Todos eles já possuem passagem pela polícia e em Pereira Barreto, onde moram, são temidos pela população pela crueldade que usam nos crimes, mantendo as vítimas em cárcere privado e praticando pressão psicológica, inclusive jogando combustível e ameaçando atear fogo”, disse.   
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CRISE NO GOVERNO

Contra crise, Bolsonaro pede que equipe trate Bebianno como 'página virada'

FUTEBOL 2019

Elenco do Fluminense faz greve e não treina em protesto por falta de salários

BRASIL

Pacote anticrime não atrapalha andamento da reforma da Previdência, diz Moro

CRISE NO GOVERNO

Exonerado, Bebianno retira foto com Bolsonaro em rede social

Mais Lidas