Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Puccinelli volta a "seduzir" o PT

3 JUL 2009Por 08h:50
     

         

         

O governador André Puccinelli (PMDB) voltou a tentar "seduzir" os parlamentares do PT com o intuito de evitar o enfrentamento com o ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) nas eleições do ano que vem. Hoje, durante reunião com os deputados estaduais, ele afirmou mais uma vez que as portas estão abertas para os petistas e que o partido só tem a ganhar se optar pela aliança com o PMDB. O assédio não cativou a bancada do PT, que saiu do encontro defendendo o confronto com Puccinelli.

Segundo o deputado estadual Pedro Kemp (PT), o governador informou que "o partido é muito bem-vindo no arco de alianças do PMDB". "O PT perde se não ficar comigo", declarou Puccinelli, durante a reunião com os parlamentares. Na visão de Kemp, o governador acredita que o desempenho eleitoral da bancada do PT será melhor se a legenda caminhar ao seu lado. Mas, a matemática de Puccinelli não convenceu o deputado. "O André está equivocado. É óbvio que a sigla vai perder se fizer parte de uma chapão, que engloba partidos com ideologias opostas", opinou.

Leia Também