Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 11h28min

Puccinelli promete abrir na web sistema de administração

31 MAI 10 - 08h:45
O governo do Estado vai abrir o acesso aos dados do Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municípios (Siafem) em seu Portal da Transparência, segundo informou ontem o governador André Puccinelli (PMDB). “Nós vamos abrir, é uma sequência (de medidas)”, disse. A abertura do Siafem para acesso público foi sugerida pelo procurador e coordenador das Promotorias de Justiça da Cidadania e Direitos Humanos, Mauri Riciotti, em matéria publicada no Correio do Estado na última sexta-feira.

Para o governador, é improvável que os órgãos consigam cumprir a determinação de atualização de informações em tempo real. “Como você faz a folha em tempo real, se você tem ascensões funcionais e progressões diariamente, decretação de estabilidade“, questionou. Ele garante, no entanto, que “tudo que é exigido, nós estamos pondo”.

A disponibilização, na internet, da movimentação financeira dos órgãos públicos em tempo real é determinada pela Lei Complementar 131 ou Lei da Transparência. A União, Estados e municípios com mais de 100 mil habitantes tiveram um ano para se adequar. O prazo terminou na quinta-feira passada (27). Até o momento, na avaliação do procurador Mauri Riciotti, nenhum órgão, em Mato Grosso do Sul, está cumprindo a regra. (FB)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Morador do Vila Alba reclama de cano estourado há mais de um mês
TRANSTORNOS

Morador do Vila Alba reclama de cano estourado há mais de um mês

CAMPO GRANDE

Após cometer roubos no bairro Caiobá, homem morre em confronto com a PM

Ele tinha passagens por homicídio, tráfico de drogas e roubo
Em tratamento contra a dengue, menina precisa de doação de plaquetas
SOLIDARIEDADE

Menina precisa de doação de sangue e plaquetas

Smartphone tem diferença  de preço de até R$ 550 na Capital
PESQUISA

Smartphone tem diferença de preço de até R$ 550 na Capital

Mais Lidas