quinta, 19 de julho de 2018

Puccinelli evita falar sobre a proposta de Lula de dar a vaga de sanadores ao PT

18 MAI 2009Por 22h:22
     

        Karine Cortez, da Redação

        Fábio Dorta,  de Dourados

         

        O governador André Puccinelli (PMDB) esquivou-se hoje, em Dourados, de polemizar sobre a proposta do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de o PMDB ceder as duas vagas de senador para o PT nas eleições em Mato Grosso do Sul. Em compensação, o PT apoiaria a reeleição de André. O governador justificou que não fala mais de política até maio de 2010. Com isto, ele não confirmou e nem desmentiu as negociações com Lula para trocar os candidatos do PMDB ao Senado pelos indicados do PT: senador Delcídio do Amaral e o ex-governador José Orcírio dos Santos.

        A proposta de Lula, no entanto, não encontra consenso nem dentro do PT. José Orcírio voltou a declarar ontem que não deseja concorrer ao Senado. A sua meta é tentar voltar ao Governo. (Veja matéria nesta página). A idéia de Lula era justamente acomodar o seu velho amigo José Orcírio abrindo o caminho para o PT se aliar ao PMDB em Mato Grosso do Sul.

Leia Também