quinta, 19 de julho de 2018

PT e PMDB aparam arestas para negociar nome em Minas

9 MAI 2010Por 17h:40
     

O núcleo político formado por dirigentes do PT e do PMDB mineiros se encontra em Belo Horizonte na segunda e terça-feira para aparar as arestas. O grupo, com quatro representantes de cada lado, volta a negociar as bases e as condições de formação do palanque único para a disputa ao Palácio da Liberdade.

As siglas também investem pesado, nesta etapa, nas conversas com os partidos da base aliado do Governo Lula. No encontro de terça-feira, participarão os dirigentes do PCdoB, do PR e do PDT. Na mesa de negociações, as vagas para Senado, e as chapas proporcionais, que começam a ser formadas para a disputa à Câmara Federal e às Assembleias.

Com um tom muito mais conciliador do que o habitual, o presidente do PMDB mineiro, deputado Antonio Andrade, diz que o partido não vai pressionar o PT. Ele descarta até mesmo a possibilidade de a última pesquisa - onde o ex-ministro Hélio Costa (PMDB) volta a liderar com ampla vantagem -  ser usada como instrumento de pressão. ?Não vamos discutir pesquisa não. Vamos escolher o candidato com melhores condições de vencer e eu espero que seja o Hélio, mas estamos abertos à negociação?.

As informações são Portal Terra

Leia Também