sábado, 21 de julho de 2018

estratégia

PT e PDT podem se enfrentar nas eleições de 2012

26 OUT 2010Por Maria Matheus01h:10

 

A melhor estratégia que a oposição poderia adotar na disputa pela Prefeitura de Campo Grande em 2012 não é a aliança do PDT com o PT, mas o lançamento de dois candidatos. Essa é a avaliação do deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). “Se eu e o Zeca (José Orcírio dos Santos) sairmos candidatos, temos mais chance de levar a disputa para o segundo turno”. 
 
O deputado comentou que Orcírio não mostra muita disposição em concorrer à prefeitura. “Ele acha que eu tenho mais condições que ele. Mas eu acho que o PT é um partido forte e terá uma votação expressiva”.  Dagoberto planeja começar a fazer alianças e articular candidaturas de vereadores logo no início do ano, para evitar o erro que considera ter sido cometido pelo partido em 2004. 
 
Naquele ano, ele ficou em terceiro lugar na disputa pela prefeitura, com 52.929 votos (13,83%), atrás de Nelsinho Trad (PMDB) e Vander Loubet (PT). 
 
O deputado federal acredita que o PMDB deva lançar a prefeito o secretário estadual de Habitação, deputado estadual Carlos Marun (PMDB), ou, ainda, apoiar a candidatura de Edson Giroto (PR) ou Henrique Mandetta (DEM), ambos eleitos para a Câmara dos Deputados. “E se tiver quatro candidaturas, para nós seria ainda melhor”, finalizou Dagoberto. (MM)

Leia Também