Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

FICHA LIMPA

PT deve perder três deputados na Câmara

26 MAR 2011Por ESTADÃO00h:00

Na Câmara dos Deputados, o PT será o principal prejudicado pela decisão do Supremo Tribunal Federal de tornar inválida a Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2010, segundo cálculos feitos pelo Estado.

Os petistas Luci Choinaki (SC), Professora Marcivânia (AP) e Ságuas Moraes (MT) devem ser substituídos, respectivamente, por João Alberto Pizzolatti (PP-SC), Janete Capiberibe (PSB-AP) e Nilson Aparecido Leitão (PSDB-MT). Esses três, assim como outros candidatos que haviam sido considerados “fichas-sujas” por conta de  condenações judiciais, concorreram nas eleições passadas graças a recursos apresentados à Justiça Eleitoral, mas os votos que receberam foram invalidados na contagem oficial.

Com a decisão do STF, os votos passam a valer, o que, em vários Estados, provoca mudanças no quociente eleitoral - número com base no qual são divididas as vagas entre os diferentes partidos e coligações.

Além de dar vagas a três novos parlamentares, o STF vai garantir o mandato de  candidatos considerados "fichas-suja" que já haviam sido empossados na Câmara  graças a recursos na Justiça e decisões liminares. Entre eles estão Pedro Henry (PP-MT), José Augusto Maia (PTB-PE), Natan Donadon (PMDB-RO) e Manoel Salviano (PSDB-CE).


 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também