quinta, 19 de julho de 2018

POLÊMICA

PSDB desmente declaração de ex-aluna de Monica Serra sobre aborto

17 OUT 2010Por JORNAL DO BRASIL09h:02

A assessoria da campanha do presidenciável tucano José Serra divulgou nota nesse sábado (16) afirmando que a mulher do candidato do PSDB, Monica Serra, nunca fez um aborto. A nota diz que a declaração feita pela ex-aluna de Monica, Sheila Canevacci Ribeiro, de que a mulher do presidenciável teria admitido já ter feito um aborto é "falsa" e circulava na internet anteriormente.

A assessoria ainda compara o caso com o sofrido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, então candidato em 1989, quando foi acusado pela campanha de seu adversário, Fernando Collor de Melo, de ter sugerido que sua ex-namorada, Miriam Cordeiro, fizesse um aborto quando estavam juntos. A nota também acusa o PT de realizar um "jogo sujo" durante a campanha.

Leia a nota na integra 

"Diante de matéria publicada hoje, a campanha de José Serra esclarece: Monica Serra nunca fez um aborto. Essa acusação falsa, que já circulava antes na internet, repete o padrão Miriam Cordeiro de que o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva foi vítima na eleição de 1989. E dá continuidade ao jogo sujo que tem caracterizado a presente campanha desde que um núcleo do PT, montado para fazer dossiês contra o candidato tucano à Presidência, foi descoberto em Brasília. Primeiro eles atacaram a filha de José Serra. Depois atacaram o seu genro. Agora eles agridem a sua mulher, Monica, que tem a irrestrita solidariedade, amor e respeito de seu marido, de seus filhos, netos e de milhões de brasileiros".

Leia Também