Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

SÃO PAULO

PSDB chega sem unidade a convenção

6 MAI 2011Por ESTADÃO11h:48

Nas vésperas da convenção estadual do PSDB, o partido não conseguiu bater o martelo em torno dos nomes que irão compor a Executiva da legenda no Estado de São Paulo, principal reduto oposicionista do País. O governador Geraldo Alckmin começou a articular diretamente um acordo entre diferentes alas do partido, mas não obteve a garantia de que um racha será evitado no encontro da sigla, marcado para amanhã, na Assembleia Legislativa paulista.

Em um jantar na segunda-feira, os secretários do governo Alckmin fecharam um acordo com a bancada de deputados federais para que o novo presidente da legenda seja o deputado estadual Pedro Tobias, que conta com o apoio de Alckmin. Também fecharam questão em torno do deputado federal Vaz de Lima, que foi líder do governo na Assembleia na gestão de José Serra, para a secretaria-geral.

Ocorre que o atual secretário-geral, César Gontijo, não aceita retirar a candidatura e deve disputar a reeleição. Com bom trânsito na base do PSDB, o tucano conta com o apoio do secretário paulista de Energia, José Aníbal, um dos cotados na legenda para disputar a Prefeitura em 2012.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também