Segunda, 18 de Dezembro de 2017

ELEIÇÕES

PSD deve anunciar até março se apoiará Delcídio ou Nelsinho

13 FEV 2014Por DA REDAÇÃO17h:30

A executiva municipal do PSD se reuniu no início da tarde de hoje (13) na sede do diretório regional do partido para debater a direção que será tomada nas eleições deste ano e se apoiará a candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT) ou do ex-prefeito Nelsinho Trad (PMBD). Foram debatidas também as diretrizes do partido na Capital. Segundo o presidente regional do PSD, Antonio João Hugo Rodrigues, a decisão sobre o apoio será tomada em conjunto. “Vamos decidir juntos, e todos serão responsáveis pela escolha, seja ela certa ou errada, apesar de falarem que eu gosto de impor as decisões, no partido não é assim, os vereadores e a executiva vão sentar com o senador Delcídio e conversar, ouvir o que ele tem para falar, e vamos fazer o mesmo com o Nelsinho, então a decisão vai ser conjunta”, pontuou.

No entanto, o dirigente partidário frisou que não vai esperar até abril para anunciar quem apoiará. “Não vamos esperar muito não, em meados de março já estaremos com a decisão, nossas conversas estão bem avançadas e será anunciado e cravado, pois a pré-campanha já começou, campanha se faz correndo o trecho. Somos um partido que tem um valor imenso, que surpreendeu e vai surpreender ainda mais nesse ano”, afirmou. 

Sobre as diretrizes partidárias na Capital, Antonio João declarou que os vereadores continuam unidos e fora da base do prefeito. "Não somos contra ninguém, somos à favor de Campo Grande, e o PSD continua unido, claro que tem que conversar com o prefeito, mas não dá para ignorar como Campo Grande está, e isso tem que pesar na decisão de que vamos apoiar, temos que apoiar quem apoia Campo Grande".

Pré-candidatos

Entre os nomes cotados para serem candidatos a uma vaga na Assembleia Legislativa estão o de Antonio João, Tereza Name e Pedro Pedrossian Filho. Já para a Câmara, foram apresentados os nomes de Coringa e de Renato Figueiredo. No interior, devem concorrer a uma vaga para deputado estadual: os vereadores Caio Augusto (Ponta Porã) e Jeovani Vieira (Jateí/Presidente UCV-MS). Também são pré-candidatos a deputado federal os vereadores Marcelo Mourão (Dourados) e Jorge Martinho, além do sindicalista Paulo da Montagem, ambos de Três Lagoas.  

Nelsinho ou Delcídio?

Para o vereador Chiquinho Telles, o quanto antes a decisão for anunciada e o partido tiver o direcionamento apresentado à população, melhor. “Temos condições de chegar a um consenso entre esses dois nomes, e o povo gosta de quem é decidido, de quem ouve o que o cidadão tem a dizer, e andando nos bairros, conversando com as pessoas, vamos sentindo o que os eleitores querem, e isso baseia nossa decisão, o mesmo acontece em Campo Grande”, disse sobre como pontua seu mandato e decisões partidárias. Pré-candidato a deputado federal o vereador pela Capital, Ademar Vieira Junior, o Coringa, corrobora com a decisão de Antonio João e já iniciou o trabalho. “Vamos buscar o que é melhor para nosso Estado, vamos viajar e conversar com a população, saber o que a população quer”, garantiu.

Delei Pinheiro por sua vez ainda não decidiu se sairá candidato a deputado estadual, mas garantiu estar feliz com a unidade do partido e que acredita nas chances de pelo menos três cadeiras na Assembleia Legislativa. “Temos um partido forte na Câmara Municipal, um partido unido, temos também uma base forte no interior. O PSD é um partido que veio e surpreendeu em 2012, elegendo três vereadores, agora temos condições de repetir os números na Assembleia”. A ex-vereadora Tereza Name também fez uso da palavra na reunião e declarou que entra em campanha outra vez, por acreditar que é preciso continuar trabalhando na política. “Mas é preciso ensinar aos jovens a fazerem parte da política, incentivar que eles participem e estejam presentes, pois nós um dia teremos que nos aposentar. Temos que ser sucedidos por jovens que realmente queiram fazer algo melhor pela cidade, pelo Estado e pelo país”.

O médico Renato Figueiredo, presidente municipal do partido foi apresentado como pré-candidato a deputado. “Estamos a serviço das ideias do partido e da nossa população tenho certeza que há muito a ser feito, temos condições de conduzir o partido em consonância com a vontade da população, sempre trabalhando pelo bem do povo, e eu acredito no trabalho que o PSD vem fazendo”, declarou.

Leia Também