quinta, 19 de julho de 2018

anderson silva

Provocação a Belfort foi sugestão do filho

18 FEV 2011Por terra10h:29

O nocaute de Anderson Silva sobre Vítor Belfort, em pleno primeiro round do UFC 126, entrou para a história das artes marciais. No entanto, antes mesmo de pisarem no ringue, os dois competidores escreveram os seus nomes por protagonizarem uma das pesagens mais tensas da história do evento. E, na última quinta-feira, o "Spider", campeão dos médios, contou que recebeu uma sugestão do filho para colocar uma máscara e deixar o adversário extremamente furioso.

"A ideia da máscara, na verdade, foi do meu filho (Kalyl). Um dia antes da pesagem, nós fomos a uma peça de teatro em Las Vegas. Aí depois que voltamos para o hotel, ele me falou: 'pai, o Vítor (Belfort) te chamou de mascarado, por que você não vai de máscara?' (...) Aí eu fui lá e coloquei, e deu no que deu", contou o lutador no programa Altas Horas, da TV Globo, antes de confirmar a interpretação da ocasião.

"Encenação pura. O povo gosta disso. Não tenho nada contra nenhum adversário meu, ainda mais contra o Vítor (Belfort)", sentenciou Anderson Silva, que aproveitou a ocasião para relembrar o período no qual trabalhou com a última vítima batida no UFC - o "Spider" soma 13 vitórias, em 13 duelos no evento.

"Treinamos juntos no Team Nogueira e defendíamos o código de honra de que não lutamos um contra o outro. Mas ele escolheu seguir outro caminho, e paciência", lamentou.

A provocação antes do confronto apenas alimentou ainda mais a rivalidade criada para o 126º evento da organização mais famosa do MMA. Entretanto, depois da rápida vitória, Anderson Silva ponderou o discurso e tratou Vítor Belfort com muito respeito, cordialidade e, acima de tudo, admiração.

"O Vítor Belfort é um grande atleta e um dos maiores representantes do País, merece todo o nosso respeito. Quando ele já era campeão, com 19 anos, eu sequer imaginava lutar", disse Anderson, relembrando o dia 7 de fevereiro de 1997, quando "o Fenômeno" - apelido pelo qual ficou conhecido, conquistou o cinturão dos pesados ao superar o americano Scott Ferrozzo.
 

Leia Também