terça, 17 de julho de 2018

Protesto marca dois meses da morte de estudante

4 AGO 2008Por 10h:18
     

Familiares e amigos de Victor Hugo de Arruda Figueiras organizam um manifesto para hoje (4), a partir das 18h, na esquina da Rua Ceará com a Rua da Paz, em Campo Grande. No local, Victor Hugo morreu, aos 23 anos, num acidente de trânsito. O manifesto vai marcar exatos dois meses do caso, que segue sem resultados no inquérito da Polícia Civil da Capital. Vestidos de preto, os manifestantes devem soltar balões brancos e permanecer na via.


                

Victor Hugo morreu no dia 4 de junho deste ano, por volta das 18h25, quando trafegava com sua moto Honda Twister pela Rua Ceará, sentido norte sul. Na altura do cruzamento com a Rua da Paz, o motorista Anatole Verlaine Etges, que conduzia um veículo Blazer de propriedade da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), sentido contrário, converteu à esquerda e interceptou o trajeto do motociclista, causando-lhe morte no local, conforme laudo da Polícia de Trânsito.

Leia Também