Terça, 20 de Fevereiro de 2018

INTERNACIONAL

Prostíbulo militar vira museu em Taiwan

5 DEZ 2010Por AFP09h:04

Um ex-prostíbulo do exército de Taiwan, situado numa ilha fortificada perto do litoral chinês e fechado no início dos anos 1990, foi reaberto e transformado num museu.

O lugar foi reaberto com o nome de "Casa especial de chá", indicou neste domingo uma fonte turística. Este antigo bordel está localizado na ilha de Kinmen, que foi, durante anos, uma base militar. Durante a Guerra Fria, cerca de 100 mil soldados foram posicionados na ilha, onde havia onze bordeis oficiais.

Para justificar na época a presença de prostíbulos de campanha, o exército assegurava que sem esses estabelecimentos a população civil e as mulheres da ilha teriam sido acossadas. O último bordel militar da ilha fechou suas portas em 1990, principalmente pelas críticas de grupos feministas.

O museu inaugurado expõe fotos e os ingressos que os soldados deviam comprar antes de serem atendidos. "O objetivo do museu é dar uma ideia do que era chamado de ''paraíso militar'' e sua função", indicou Hsu Ying-fan, do Parque Nacional de Kinmen. A ilha é agora um destino turístico para os chineses desde que as relações bilaterais melhoraram.

Leia Também