CRIME AMBIENTAL

Proprietário de ferro velho ilegal é multado em R$ 5 mil

Proprietário de ferro velho ilegal é multado em R$ 5 mil
28/06/2012 10:30 - TARYNE ZOTTINO


A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Cassilândia (MS) fechou um ferro velho ilegal e multou o proprietário em R$ 5 mil na tarde de ontem (27) no Distrito de São João do Aporé. No local, os policiais constataram que a empresa funcionava sem licenciamento ambiental e que sucatas e peças de veículos estavam a céu aberto. Além disso, havia óleo de motor das carcaças derramado por vários pontos, contaminando solo.

Além de autuado administrativamente e multado, o dono foi notificado a remover todo o óleo do solo, impedir mais derramamento e realizar projeto de regularização junto ao órgão ambiental.

Os autos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Paranaíba. O proprietário responderá por crime ambiental e poderá receber pena de três meses a um ano de detenção porque o local funcionava sem licenciamento, e um ano a quatro anos de reclusão por poluição.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".