Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Propaganda antecipada gera multas a vereador baiano

27 AGO 2008Por 14h:27
     


        

Dois recursos do vereador de Salvador e candidato à releição Everaldo Augusto da Silva (PC do B), condenado a pagamento de multa em dois processos por propaganda eleitoral antecipada, foram negados por ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Everaldo foi condenado por ter feito promoção pessoal, antes do período permitido, por meio de mensagens veiculadas em sete ônibus coletivos de transporte municipal.


        

Em janeiro deste ano, durante a tradicional festa popular realizada em Salvador, conhecida como ?Lavagem do Bonfim?, foram veiculadas faixas com diversas mensagens, sempre com destaque para o nome de Everaldo, e seu cargo de vereador. Mais uma vez o TRE baiano confirmou a decisão do Juiz eleitoral, que determinou a aplicação de multa a Everaldo, por considerar que a situação caracterizou propaganda eleitoral antes do prazo permitido.


        

Com informações do Tribunal Superior Eleitoral.

Leia Também