sábado, 21 de julho de 2018

Propaganda antecipada em Dourados está na mira da Justiça

6 ABR 2009Por 22h:47
     

Fábio Dorta, de Dourados

 

A propaganda eleitoral fora de época em Dourados está ma mira da Justiça. O juiz da 18ª Zona Eleitoral José Carlos de Souza, afirmou que qualquer tipo de propaganda de candidatos feita fora do período de eleições é crime. Nos últimos dias começaram a pipocar pré-candidaturas no município, embora as eleições ocorram apenas em 2010.

 

O caso de maior repercussão ocorreu durante o último final de semana, quando o empresário Jairo de Osti pintou na parede da empresa um ?recado? ao governador André Puccinelli (PMDB): "Governador, Dourados quer Anel Viário Já e Murilo senador em 2010".

 

A construção de um anel viário é a principal reivindicação do prefeito Ari Artuzi (PDT) ao Governo do Estado. Enquanto o vice-governador Murilo Zauith (DEM) teve o nome lançado há cerca de dez dias pela senadora Kátia Abreu, vice-presidente nacional do DEM, como candidato ao Senado no ano que vem.

 

O empresário disse que a inscrição na parede foi uma decisão pessoal dele, mas admitiu que retirou o nome de Murilo ao ser informado que poderia ser punido pela Justiça por propaganda extemporânea.

Leia Também