Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

alerta

Promoções do tipo 'pague um, leve dois' podem enganar o consumidor e causar prejuízo

10 JUL 2012Por TARYNE ZOTTINO18h:00

O consumidor deve tomar cuidado com promoções do tipo “pague um, leve dois”, pois em muitos casos, o valor da unidade extra já está embutido no produto. O alerta é da Superintendência para Proteção e Defesa do Consumidor de Mato Grosso do Sul (Procon -MS) e a constatação foi possível graças a uma pesquisa feita na Capital. O levantamento foi feito em seis supermercados e em quatro deles foi identificada a propaganda enganosa.

De acordo com o Procon, o papel higiênico pode servir como exemplo do caso. Os pesquisadores encontraram a promoção que anuncia um pacote com 16 rolos pelo preço de 15. No entanto, o Procon fez as contas: um pacote de oito rolos da mesma marca e medida (30m) custa R$ 4,09, o equivalente a aproximadamente R$ 0,51 cada um. Isto significa que 15 rolos têm o preço de R$ 7,66 – mas na promoção “leve 16, pague 15”, o valor oferecido é de R$ 8,99. O 16º rolo de papel não sai gratuito, como é anunciado, ao contrário, nessa embalagem com mais quantidade o preço unitário é de R$ 0,59. “Ou seja, eles anunciaram que você pagaria apenas 15, mas na realidade está pagando todos os itens, e ainda mais caro”, alerta o superintendente do Procon, Alexandre Rezende.

Conforme o superintendente, a pesquisa foi feita pois este tipo de liquidação é freqüente nos estabelecimentos comerciais e, em alguns casos, podem significar prejuízo no bolso do consumidor. Os estabelecimentos irregulares foram notificados durante a fiscalização. Segundo o superintendente orienta, os consumidores precisam ficar atentos, levar a calculadora e fazer os cálculos necessários para conferir a veracidade de anúncios promocionais desse tipo.

(Com informações da Sejusp)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também