Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Projeto Visita Virtual passará por avaliação

20 OUT 2010Por 03h:35

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e a Defensoria Pública da União (DPU) avaliarão o projeto Visita Virtual no Presídio Federal de Campo Grande, bem como nas penitenciárias federais de Catanduvas (PR), Mossoró (RN) e Porto Velho (RO). A informação é do Ministério da Justiça e a primeira etapa da avaliação começou ontem, em Mossoró. Na unidade da Capital, deve ser realizado nos próximos dias.
Segundo consta, além de avaliar e acompanhar a realização de visitas virtuais, a equipe irá capacitar os responsáveis pela gestão do projeto em cada penitenciária, reforçando as regras publicadas na portaria de regulamentação. Rosângela Peixoto, coordenadora de tratamento penitenciário do Depen, afirmou que objetivo da ação é incentivar o diálogo e o envolvimento de todos os atores do Sistema Penitenciário Federal no fortalecimento do projeto Visita Virtual.
Lançado em maio de 2010, a partir de uma parceria entre o Depen e a DPU, o projeto aproxima os presos de suas famílias. Os familiares, muitas vezes, moram em outros estados e não possuem condições financeiras para o deslocamento até as cidades onde estão os presídios federais. Cerca de 50% dos presos federais fizeram o cadastro para receber visitas virtuais.
Perto de 500 presos das quatro penitenciárias podem receber visitas de familiares por meio de equipamentos de videoconferência. A visita é realizada por meio de um equipamento chamado Codec, um monitor de 15 polegadas que reproduz som e imagem. As penitenciárias federais e as Defensorias Públicas de todas as capitais são equipadas para permitir aos presos rever suas famílias através de visitas virtuais. A conexão é feita através de uma rede segura, para garantir a inviolabilidade na transmissão. (TG)

Leia Também