domingo, 22 de julho de 2018

Projeto que aumenta pena por mortes em acidentes de trânsito será votado

9 AGO 2008Por 11h:15
     

         

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado analisa em decisão terminativa, na próxima quarta-feira (13), o projeto (PSL 613/07) que aumenta as penas a serem aplicadas aos motoristas responsáveis por acidentes de trânsito com mortes. A matéria altera a  Lei 9.503/97 o Código de Trânsito Brasileiro - e determina também que o juiz seja comunicado imediatamente sobre acidentes de trânsito com morte, para efeito de suspensão cautelar da habilitação do condutor.

        

 

A principal novidade do projeto é que mortes ou lesões corporais de natureza grave provocadas por motoristas alcoolizados ou participantes de "rachas", por exemplo, não serão mais consideradas apenas como crimes culposos pelo Código de Trânsito Brasileiro, mas, sim, como crimes dolosos, ou seja, aqueles em que há intenção de matar.

 

De acordo com o projeto, para mortes causadas por motoristas bêbados ou participantes de "rachas", a pena, que hoje é de detenção de um a três anos para reclusão de quatro a 12 anos.

 

 

Com informações da Agência Senado

         

Leia Também