sexta, 20 de julho de 2018

Projeto que altera o ICMS deve ser sepultado na Assembleia

3 DEZ 2009Por 19h:47
     

        Lidiane Kober

         

Jogo de empurra-empurra deve sepultar de vez o projeto que altera a partilha do ICMS entre os 78 municípios de Mato Grosso do Sul. Os prefeitos administram os maiores municípios não aceitam dividir o bolo tributário com os pequenos. Sem acordo, não há votação e os deputados jogar para o governador André Puccinelli (PMDB) a palavra final sobre a votação do projeto. Mas o governador não quer se envolver na questão.

Hoje, 26 prefeitos foram à Assembleia pressionar os deputados a votar ainda este ano a proposta. Divididos, os deputados se recusam a votar antes de ouvir o governador. Eles ponderaram que, como o assunto não é consenso entre os municípios, o Governo precisa interceder em nome do entendimento e assumir a paternidade do projeto.

Prefeitos e deputados saíram da reunião decididos a marcar para a próxima segunda-feira reunião com o governador. Os prefeitos e deputados esperam se reunir com André na próxima segunda-feira convencê-lo a quebrar resistência dos prefeitos de Campo Grande Nelsinho Trad (PMDB) e, de Três Lagoas (PMDB) Simone Tebet (PMDB) contrários à divisão da fatia da receita de ICMS com os municípios considerados pobres.

Leia Também