sábado, 21 de julho de 2018

NOVA ANDRADINA

Projeto implanta minhocário em campus

13 DEZ 2010Por DA REDAÇÃO14h:36

O minhocário do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, campus Nova Andradina, está em fase final de implantação. O espaço será utilizado para as atividades de ensino, pesquisa e extensão, com ações e cursos de incentivo a minhocultura junto à comunidade. O projeto é coordenado pelo professor Clovis Roberto dos Santos.  

A implantação da atividade será finalizada em janeiro, e conta com a participação de três alunas do 2º período do curso técnico em Agropecuária, Camila Barroso, Larissa Oliveira e Bruna Mello. As atividades práticas são realizadas uma vez por semana.

“Queremos incentivar a implantação de minhocários em propriedades rurais, reduzindo a dependência de adubos minerais e, ao mesmo tempo, os custos da produção de frutas e hortaliças”, destaca o professor.

No minhocário, os resíduos de abate são transformados em húmus pelas minhocas, muito utilizado no cultivo de hortaliças, frutas e plantas ornamentais. O produto facilita o processo de absorção de nutrientes pelas plantas.

O projeto foi apresentado ao público na última Exponan – exposição agropecuária, industrial e comercial de Nova Andradina – e na I Feira da Agricultura Familiar promovida na cidade. De acordo com o coordenador, além de criar um espaço a ser usado durante as aulas, o projeto visa a destacar a importância econômica, social e ambiental da minhocultura na agricultura familiar.

 “Tem sido uma experiência importante, ainda mais porque não temos uma disciplina específica sobre o assunto. Como as atividades são práticas, o professor nos explica e mostra como as coisas são feitas passo a passo”, comentou a aluna Bruna Mello.

Já Camila Barroso falou sobre o benefício da atividade para a agricultura.“Outro fator importante é que trabalhamos com as características do solo de Nova Andradina e as formas de correção dele. Assim, aprendemos como deixar a plantação mais fértil”.

Leia Também