Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Projeto de revitalização do centro da Capital já foi enviado ao Governo federal

17 NOV 2009Por 19h:30
     

         

         

O projeto do prefeito Nelsinho Trad Filho, que promete transformar o centro de Campo Grande, com alterações radicais no trânsito e deslocando os vendedores do camelódromo para a antiga rodoviária, já foi enviado ao Governo federal. O projeto enviado para o PAC das Cidades Históricas está orçado em R$ 186 milhões.

O projeto prevê transformar completamente a rua 14 de Julho, uma das principais do centro de Campo Grande, proibindo estacionar entre as ruas Barão do Rio Branco e a Dom Aquino, e ampliando as calçadas. Já a passagem de veículos na 14 de Julho, no trecho entre a Afonso Pena e a Maracaju, vai ser proibida. O local será transformado em um corredor cultural.

O histórico ?Relógio da 14?, que há alguns anos foi reformado e instalado na esquina da Afonso Pena com a Calógeras, voltará ao local de origem: no cruzamento da 14 com a Afonso Pena.

Haverá ainda uma integração do Centro Cultural José Otávio Guizzo com o Memorial da Cultura, criação do Centro Municipal de Belas Artes e de um estacionamento subterrâneo no Mercadão. Na lateral, segundo o prefeito, passará um trecho da Via Morena.

Para o caso de a cidade não ter a aprovação dos recursos do PAC para todas as alterações planejadas, Nelsinho já conta com um plano B: buscar empréstimo através de bancos internacionais.

         

Leia Também