Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Projeto de reflorestamento do Cerrado removerá 207 mil toneladas de CO2

25 JAN 2011Por DA REDAÇÃO07h:18

O projeto de carbono do Corredor da Biodiversidade Emas-Taquari vai reflorestar com mudas nativas do Cerrado quase 600 hectares, removendo da atmosfera 206.114,60 toneladas de CO2 equivalente. Um terço desses créditos já foi comprado pela empresa Natura Cosméticos S/A. O projeto acabou de receber a certificação do Voluntary Carbon Standard (VCS), reconhecida como uma das mais criteriosas no mundo em termos de padrões de mensuração de carbono. Além disso, o projeto foi certificado no padrão Climate, Community and Biodiversity (CCBS), o que significa que além de atender a critérios climáticos também produz benefícios à comunidade e biodiversidade local. Neste último quesito, foi contemplado no nível gold, que significa ganhos excepcionais à biodiversidade. 

Leia Também