Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Judiciário

Projeto atuará
na proteção à mulher

17 JUL 12 - 08h:21Gabriel Maymone

Começa a funcionar hoje (17) no Fórum de Campo Grande o Projeto de Penas Alternativas e Violência de Gênero: Sensibilização de Homens Autores de Violência Contra a Mulher, vinculado à Coordenadoria Estadual de Defesa da Mulher.

O projeto vem sendo realizado desde 2008 pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher e, neste momento, amplia suas atividades para atuar diretamente na sensibilização de homens autores de violência contra mulheres. A proposta atende o previsto no § 5º, do art. 35 da Lei nº 11.340/06, conhecida como Lei Maria da Penha, que prevê a criação de centros de educação e reabilitação para agressores.

Dentre as atividades serão desenvolvidas oficinas de reflexão sobre questões ligadas às relações de gênero, sexualidade e saúde, masculinidade, violência contra a mulher, trabalho, uso do álcool e outras drogas, família, entre outros temas, além do monitoramento e acompanhamento dos cumpridores de penas ou mediadas alternativas encaminhados pela Vara da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Domingo com tempo seco e máxima de 34 em MS
PREVISÃO DO TEMPO

Domingo com tempo seco e máxima de 34 em MS

Campo Grande registra, em média, oito casos de estupro de crianças por dia
VIOLÊNCIA

Campo Grande registra, em média, oito casos de estupro de crianças por dia

Volkswagen Jetta GLI
CORREIO VEÍCULOS

Volkswagen Jetta GLI

Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões em prêmio principal
LOTERIA

Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões em prêmio principal

Mais Lidas