Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Judiciário

Projeto atuará
na proteção à mulher

17 JUL 12 - 08h:21Gabriel Maymone

Começa a funcionar hoje (17) no Fórum de Campo Grande o Projeto de Penas Alternativas e Violência de Gênero: Sensibilização de Homens Autores de Violência Contra a Mulher, vinculado à Coordenadoria Estadual de Defesa da Mulher.

O projeto vem sendo realizado desde 2008 pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher e, neste momento, amplia suas atividades para atuar diretamente na sensibilização de homens autores de violência contra mulheres. A proposta atende o previsto no § 5º, do art. 35 da Lei nº 11.340/06, conhecida como Lei Maria da Penha, que prevê a criação de centros de educação e reabilitação para agressores.

Dentre as atividades serão desenvolvidas oficinas de reflexão sobre questões ligadas às relações de gênero, sexualidade e saúde, masculinidade, violência contra a mulher, trabalho, uso do álcool e outras drogas, família, entre outros temas, além do monitoramento e acompanhamento dos cumpridores de penas ou mediadas alternativas encaminhados pela Vara da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta segunda-feira: "Obras e investimentos"

ARTIGO

Mateus Boldrine Abrita: "Desafio constante para eficiência na gestão pública"

Professor efetivo na Uems
OPINIÃO

André Marcos: "Fake news e o incêndio no Reichstag alemão"

Especialista em História do Brasil e Gestão Escolar

Felpuda

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião