IPEA

Projeção de inflação sobe pela 7ª semana seguida

Projeção de inflação sobe pela 7ª semana seguida
27/08/2012 08:43 - AGÊNCIA BRASIL


A projeção de analistas do mercado financeiro para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para este ano, subiu pela sétima semana seguida, ao passar de 5,15% para 5,19%. De acordo com o boletim Focus, publicação semanal do Banco Central (BC), com estimativas para os principais indicadores da economia, a projeção para 2013, de 5,5%, permanece há nove semanas.

O IPCA é o índice escolhido pelo governo para acompanhar a meta de inflação. Essa meta tem como centro 4,5% e margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Ou seja, as estimativas para o IPCA estão acima do centro da meta, mas abaixo do limite superior de 6,5%.

A meta de inflação é um alvo do BC, que usa como um dos instrumentos para calibrar os preços e influenciar a atividade econômica as alterações na taxa básica de juros, a Selic. Atualmente essa taxa está em 8% ao ano, mas como a economia está desaquecida, os analistas esperam que o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC mantenha o processo de redução da Selic, iniciado em agosto do ano passado.

A expectativa é a redução da taxa para 7,5% ao ano, na reunião marcada para amanhã (28) e quarta-feira. Após a reunião deste mês, os analistas esperam um corte de 0,25 ponto percentual.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".