Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

Projeção da eleição acabar no 1º turno abala oposição

20 AGO 2012Por ADILSON TRINDADE00h:01

 

Bernal começou a campanha como líder absoluto nas pequisas divulgadas pela imprensa. Não resistiu à forte estrutura da máquina da coligação construída pelo PMDB e foi atropelado por Giroto. Na primeira pesquisa do Ipems divulgada pelo Correio do Estado na semana passada, Bernal já não despontava mais na liderança. Ele estava com 31,33% contra 37,33% 
O desempenho de Vander e do tucano Reinaldo Azambuja não tem ajudado a conter o avanço de Giroto na corrida eleitoral. O candidato petista ficou estacionado em 8,83% na pesquisa do Ipems e Azambuja com 7,33% das intenções de voto.
 
A desconfiança com a pesquisa do Ipems foi superada com a divulgação do levantamento do Ibope/TV Morena (Globo) apontando praticamente os mesmos índices.
 
Com o resultado das duas pesquisas, Giroto está a 8 pontos percentuais para projetar vitória no primeiro turno. É uma avaliação assustadora para os candidatos da oposição. Vander aposta no programa eleitoral gratuito nas emissoras de rádio e TV para mudar o cenário eleitoral em Campo Grande. Azambuja tem a mesma avaliação. 
 
Giroto, também, prevê a vitória no primeiro turno com a propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Ele comentou que conhece muito bem Campo Grande e nas reuniões com os eleitores mostra a sua participação direta na execução das obras nos bairros. Ele foi secretário municipal de Obras na administração de André Puccinelli (PMDB) por oito anos e dois anos no governo de Nelsinho Trad (PMDB). Portanto, isto lhe habilitou a apadrinhar as obras na Capital.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também