ESPORTES

Programação da Fórmula 3 tem a abertura sexta-feira

Programação da Fórmula 3 tem a abertura sexta-feira
14/07/2010 08:05 -


Eduardo Miranda

Os carros da Fórmula 3 Sul-Americana, a categoria mais veloz do automobilismo do continente, darão as primeiras voltas na pista do Autódromo Internacional de Campo Grande na manhã da próxima sexta-feira, quando começam os treinos da categoria. Além da competição principal, que realizará três provas no fim de semana, disputas da Fórmula 3 Light e da Fórmula Universitária também estão programadas.
As primeiras equipes desembarcam hoje na Capital para a terceira das nove etapas da temporada 2010. Hoje e amanhã os mecânicos ficarão nos boxes, montando e ajustando os carros, e os pilotos participarão de eventos com os patrocinadores da categoria.
O primeiro treino livre da Fórmula 3 Sul-Americana acontece na sexta-feira, às 10h. Simultaneamente, os carros da F-3 Light também irão à pista. No início da tarde, às 14h, será a vez dos carros da Fórmula Universitária testarem seu desempenho no circuito campo-grandense. Às 15h, os monopostos das duas categorias da F-3 definem o grid de largada da primeira corrida da categoria, marcada para às 11h de sábado, e da terceira e última do fim de semana, agendada para domingo às 13h45min.
A segunda prova da F-3 também será no sábado. A largada acontece às 15h10min. O grid será a ordem de chegada da primeira corrida, com inversão de posição dos seis primeiros colocados.
O piloto Bruno Andrade, da Cesário Motorsports, lidera a Fórmula 3 principal após duas provas, com 108 pontos. Yann Cunha, da Bassan Motosport, é o segundo, com 76 pontos. Mato Grosso do Sul está representado na categoria pelo piloto Mateus Laba, sétimo colocado no campeonato com 26 pontos, que corre na equipe campo-grandense Dragão Motosport.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".