Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Proerd

Programa de resistência às drogas será levado aos pais de estudantes

16 NOV 2010Por bruno grubertt01h:50

Policiais militares que trabalham como instrutores do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) também serão treinados para aplicar as lições aos pais dos estudantes que participam do programa. Tradicionalmente, o Proerd trabalha com estudantes do ensino fundamental para levar informações importantes de prevenção do uso de drogas e violência nas escolas. Só no primeiro semestre deste ano, pelo menos 9 mil alunos passaram pelo programa.

O curso de capacitação acontece de 6 a 10 de dezembro e deve formar 36 instrutores que serão preparados para tratar, com os pais, dos mesmos assuntos discutidos com as crianças durante os cursos.

Com o lema "Seu filho conta com você", a primeira turma de pais deve começar a ser formada no primeiro semestre de 2011, de acordo com o governo do Estado. Atualmente, os pais e responsáveis participam do Proerd por meio de reuniões nas escolas, onde há o diálogo com os instrutores do programa sobre as lições abordadas com os estudantes. A partir desse novo treinamento, a intenção é também aplicar a educação preventiva para que os pais saibam como tratar de assuntos relacionados ao uso de drogas e à violência com seus filhos.

O projeto prevê que a reunião com os pais aconteça uma vez por semana e à noite para que aqueles que trabalham durante o dia possam participar.

Durante o curso são aplicadas aos estudantes mais de dez lições em que os alunos são orientados pelos instrutores, que são policiais militares, sobre os riscos do uso de drogas e da violência. Eles também aprendem a combater o bullyng, uma das maiores causas de afastamento dos alunos do ambiente escolar.

Leia Também