Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 13h32min

Programa contra violência deverá mobilizar famílias de estudantes

1 MAR 10 - 04h:48
O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) deve atender, a partir deste ano, famílias nas atividades de prevenção contra a violência. A informação é do coordenador estadual do programa, coronel Oscar Rodrigues, segundo quem aproximadamente sete mil estudantes do ensino fundamental deverão ser alcançados pelo Proerd em 2010. Conforme explicou, o número de escolas municipais com o programa da Polícia Militar (PM) incluído na grade curricular vai subir de 20 para 40, além de outras 15 escolas estaduais e uma da rede particular. No interior do Estado, 42 municípios têm equipes do programa atuando nas escolas. Neste ano, o Proerd também deve receber o reforço de 28 novos instrutores formados no ano passado pela Polícia Militar. Agendamento Oscar Rodrigues revelou que as atividades do programa para o primeiro semestre deste ano já estão sendo agendadas com as escolas onde a atividade será realizada. “As escolas estão acertando como as aulas do Proerd entrarão na grade curricular”, disse. Ainda conforme o coordenador, na primeira semana de aula do programa os pais serão convidados a participar de uma reunião “porque é importante essa integração entre família, escola e Polícia Militar”, marcando uma etapa de maior envolvimento dos familiares do aluno quanto ao conteúdo das palestras, especialmente ao que se refere ao combate à violência. Segundo o coronel Oscar Rodrigues, os estudantes que participam do Proerd receberão, durante todo o semestre, orientações sobre o que é o programa, prevenção contra o uso de drogas, autoestima e resolução de conflitos, entre outras temáticas.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CONFLITO

Militares venezuelanos abrem fogo contra opositores perto da fronteira com o Brasil

O ditador Nicolás Maduro ordenou o bloqueio da fronteira entre os dois países
Khloé Kardashian se manifesta publicamente pela 1ª vez após traição
REDE SOCIAL

Khloé Kardashian se manifesta publicamente pela 1ª vez após traição

Fernanda Montenegro recebe alta em hospital no Rio
ATRIZ

Fernanda Montenegro recebe alta em hospital no Rio

Alunos excluídos da UFMS conseguem frequentar as aulas
APÓS LIMINAR

Alunos excluídos da UFMS
conseguem frequentar as aulas

Mais Lidas