Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

Programa Começar de Novo será implantado no Distrito Federal

28 MAR 2010Por 08h:51
     

        Da redação

         

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Tribunal de Justiça do DF (TJDFT) assinam na próxima segunda-feira, 29 de março, um convênio para a adesão ao Programa Começar de Novo, que possibilita ressocialização de presos por meio de oportunidades de trabalho, educação e capacitação profissional. Inicialmente, o convênio beneficiará cinco sentenciados, que passarão a prestar serviços na distribuição de malotes do protocolo expresso do TJDFT. A solenidade, com a presença do presidente do CNJ, ministro Gilmar Mendes, será realizada às 16h, na sala de audiência da Vara de Execução penal (VEP), no Fórum Júlio Fabrini Mirabete, (Setor de Rádio e TV Sul, SRTVS, em frente ao Colégio Dom Bosco).

Institucionalizado pela Resolução 96, em outubro do ano passado, o Programa Começar de Novo tem por objetivo sensibilizar, por meio de várias ações, órgãos públicos, empresas privadas e sociedade civil, em âmbito nacional, para oferecer propostas de trabalho e cursos de capacitação profissional para presos e egressos do sistema carcerário, de modo a concretizar ações de cidadania e promover redução da reincidência, hoje em torno de 70%. Esse percentual tem reflexo direto na segurança pública, e a redução passa pela implantação de programas consistentes de ressocialização.

Agência CNJ de Notícias com informações do TJDFT

         

Leia Também