Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS

Profissionais do sexo usam Facebook para atrair clientes

12 FEV 2011Por Terra20h:29

Um estudo, conduzido pelo professor de sociologia da universidade norte-americana Columbia, Sudhir Venkatesh, mostrou que redes sociais, em especial o Facebook, são ferramentas cada vez mais usadas para atrair "clientes" para o mercado do sexo em Nova York. O levantamento foi divulgado pela revista Wired.

Batizado de Como ferramentas tecnológicas transformaram o negócio do sexo em Nova York, o estudo escutou 290 mulheres, que trabalhavam em Manhanttan, durante 12 meses. Mais de 80% delas afirmaram usar as páginas do Facebook para recrutar novos clientes, enquanto 61% disseram manter uma propaganda no Craiglist.

Segundo a Wired, em 2008, aproximadamente 25% dos clientes que procuravam prostitutas vieram das redes sociais. Como consequência do aumento do uso da web para atrair clientes, agências tradicionais de acompanhantes e clubes especializados neste tipo de serviço tiveram seus negócios diminuídos nesta área.

Para o site Huffington Post, a crescente popularidade de redes sociais, como o Facebook, entre as profissionais do sexo acontece devido à política de termos de uso da ferramenta ser vaga. Embora a prostituição seja uma atividade ilegal na maior parte dos Estados norte-americanos, inclusive o de Nova York, o Facebook não pune explicitamente o uso da ferramenta para estes fins.

Outro dado do estudo é que a maioria das profissionais do sexo que responderam às perguntas de Venkatesh afirmaram ter mais de um celular. Das que possuem smartphones, 19% preferem o iPhone, contra 70% das que preferem o BlackBerry. Para o pesquisador, o BlackBerry oferece uma melhor primeira impressão aos clientes, porque dá à prostitura um ar profissional.

Leia Também