Sábado, 16 de Dezembro de 2017

trabalho

Profissionais conciliam dois empregos em MS

23 FEV 2014Por DA REDAÇÃO00h:00

Conciliar dois empregos não é tarefa fácil. O desgaste físico e mental, o acúmulo de funções, o ritmo acelerado e a falta de tempo para o lazer são consequências para quem leva dupla jornada de trabalho diariamente. Em Mato Grosso do Sul, 3,16% dos entrevistados em uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2012, declararam ter dois ou mais empregos. Foram ouvidas 1.327 pessoas, com idades entre 15 e 60 anos. Dos 42 trabalhadores com dois empregos, a maior parte compreende a faixa etária de 30 a 39 anos (30%), seguida pelos entrevistados de 40 a 49 anos (28,5%). As informações estão em reportagem publicada hoje (23) no jornal Correio do Estado.

Essa realidade é atribuída geralmente às mulheres, que atuam no mercado de trabalho e paralelamente desempenham atividades domésticas, mas o estudo demonstrou que os homens representam 50% do total de pessoas com diversas jornadas de trabalho no Estado.
O publicitário Júnior Ribeiro, 29 anos, ajuda a compor essa estatística. Ele decidiu encarar o desafio de trabalhar em duas funções bem distintas há quase um ano. Durante o dia, ele é sócio-proprietário e diretor de arte em um estúdio de criação aberto em 2011.

O trabalho inclui criação de peças publicitárias para clientes dos mais diversos ramos de atuação, como franquia nacional de perfumarias, boates e casas noturnas, restaurantes e artistas famosos, como Munhoz e Mariano. A atividade é desenvolvida geralmente em frente ao computador, com dois monitores e muitas ideias na cabeça. À noite, de terça a domingo, Ribeiro gerencia o estabelecimento de alimentação que abriu para a mãe, no Bairro Buriti, região sul de Campo Grande. Ele se divide nas funções de atendimento ao público, operador de caixa e, ainda, ajuda a fazer os lanches. A matéria é de Gabriela Pavão.
 

Leia Também