Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Profissão de restaurador é regulamentada no Senado

8 OUT 2008Por 14h:23
     

 

 

Foi aprovada pelo Senado Federal, no último dia 1º, a lei que regulamenta a profissão de restaurador de bens culturais, um projeto de 2007 do senador Edison Lobão. Além de tornar a profissão de nível superior, cria reserva de mercado para seus profissionais. O campo de trabalho vai da pesquisa acadêmica ao dia-a-dia em instituições públicas, privadas e órgãos oficiais de preservação do patrimônio, como museus, fundações e ONGs.

O senador Lobão baseou sua proposta a partir de sugestão do Centro de Conservação e Restauração da Universidade Federal de Minas Gerais, o único estabelecimento de ensino do país reconhecido pelo Ministério da Educação. O reflexo da aprovação já é imediato: a PUC de São Paulo está lançando seu primeiro Curso Superior Tecnológico em Conservação e Restauro, com 34 vagas.

 

Com informações da Agência Estado

 

 

Leia Também